Pages

domingo, 17 de agosto de 2008

Hoje não

Hoje eu não vou dizer que te amo

Nem direi coisas banais

Por mais que eu tente mudar

As coisas sempre são iguais

Hoje eu não preciso do seu falso abraço

Que em nada me acalma

Hoje eu não preciso das suas palavras, falsas!

Hoje não me entrego nesse jeito sacana que você tem

Me possui, seduz e ama como ninguém

Mas hoje eu não quero ceder a caprichos seus

Hoje eu quero ficar só com o que é meu.

Nenhum comentário: