Pages

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Eu vejo


Eu vejo você ir...
Passo a passo, cada vez mais distante
O hoje e o amanhã é a ponte que nos separa
Eu me vejo aqui sentada, largada, congelada!
E eu vejo você ir...
Vai sem mim, sem nós.
Me faço cega, muda, surda...
Não quero que meus sentidos percebam sua ausência
E eu vejo você ir...
Vai sem mim, sem nós.

Um comentário:

Arthur Matos disse...

Nossa...triste! Mas muito bem feito!
Está de parabéns, e a foto ficou perfeita, teve sintonia!

tenha um ótimo fds!
bjs