Pages

domingo, 9 de agosto de 2009

Feliz dia dos pais!

Feliz dia dos pais. Perdoe-me não mandar o presente, mas mando-te as lembranças, aceitas? Lembra das tardes a tua espera? Das lágrimas caídas pelos teus gestos mais perversos, pela ausência, pela presença amedrontada.

O que poderíamos comemorar hoje? Os meus dias que ficaram mais tranquilos? Os aniversários que você não me ligou? As minhas escolhas das quais você não opinou, brindemos a isso?
Fisicamente, tantas semelhanças. Moralmente? Não sei. Não temos tempo para comparações, não nos reconhecemos mais. O herói da minha história ficou numa lembrança já tão apagada pelo tempo.

Pai, quando será que você vai entender o significado dessa palavra? A responsabilidade que ela traz? A vida é curta, muito curta. Não deixe que seja tarde demais.

E antes que eu esqueça... Feliz dia dos pais!

;)

2 comentários:

Menino-Homem disse...

mensagem tocante,
num tom de crônica,
mas sendo ao seu modo.

é disso que gosto.

beijos,
passo sempre aqui.

Dustin disse...

cara... sem palavras...