Pages

sábado, 12 de setembro de 2009

Lembranças de uma Lua que chora


Desculpe. Estou com um nó na garganta, uma vontade de louca de chorar, de chorar até adormecer e não mais lembrar. As lembranças de nós dois me atormentam, e a saudade fere profundamente o meu coração. É tudo tão sem razão. Eu quero a explicação, ela existe? Não, creio que não.

Por favor, alguém aí, leve as lembranças de mim. A lembrança de você me sorrindo, me fazendo carinho ao acordar. Nossos corpos caídos, cansados de tanto amar. E o teu abraço apertado? Céus, aonde irei coisa melhor encontrar?
Amor, meu amor, nossos sonhos estão perdidos no ar. Desencontrados dentro de mim. E se eu pudesse ao menos pegar sua mão outra vez, eu iria nos conduzir de volta para o nosso amor. Lembra? Construímos tudo com tanto carinho, e assim como um vento forte e devastador, nada ficou no lugar. Sim meu amor, nada pode ficar intocável. Desculpe. Eu não sou tão forte como deveria ser... Forte é a dor aqui no meu peito, que não encontro meios para conter. Aí em noites como essa, eu volto a lembrar de você, e sofro por nós.

Viu a lua lá fora? Ela que tantas noites foi nossa cúmplice, ela, que linda e grandiosa no céu, eu te ofereci certa vez. Lua dos apaixonados, vai até o meu amor e brilha, o brilho que já não carrego mais em meus olhos.

Meu amor por você é uma prece, branda e fervorosa.

9 comentários:

Solange Maia disse...

Tati,

Lembrei de Vinícius : " o amor é essa coisa incontida, desarruma a cama, e a vida, nos fere, maltrata e seduz..."

Mas amar é bom.
Demais.
Mesmo depois que passou.

Beijo carinhoso.

Erica Vittorazzi disse...

Concordo com a Solange, amar é muito bom . A lua cheia e alaranjada não tem graça e nem é bonita, se não podemos compartilhar.
beijos

Everson Russo disse...

Voce descreveu tudo, o amor é muito bom, mas ele desarruma a vida da gente, ele chega feito um furacão, leva tudo, tudo sai do lugar, a gente que antes pensava ser forte e imbativel, curva se ao poder do amor,a força que ele tem, o amor nos ensina tudo, menos a esquece lo...seu poema é daqueles pra gente ler com a respiração presa, pra não perder uma virgula,e pra não chorar antes de terminar...e a menina e a lua são simplesmente demais...beijos e um lindo final de semana pra ti...

Claudinha ღ disse...

"Cúmplice e inspiração de quem ama..."
Att: Claudnha

radik disse...

Lindo..
excepcionalmente identificável!
E profundamente sincero

'A personagem principal desta tragédia, um abraço simples, e gostoso. Retribuição pelos sentimentos degustados de saudade.

Beijos

Everson Russo disse...

Bom dia bela menina, que sua semana seja pura poesia amor e paz...beijos na alma.

mente inconstante disse...

Que lindo!
Vc escreve muito bem!
vou vir mais aqui viu?
amei seus textos!

:O

Juliana Porto disse...

Então aponta até esse amor, e faça valer à pena.
Ainda prefiro os seus textos picantes, a inspiração não pode faltar, nem o show acabar!

Beijocas

Abraão Vitoriano disse...

é de se apaixonar mesmo diante de tanta dor... e a saudade verdadeira é isso, o mais profunda que existir...

tu envolve
és legítima e nobre...

beijos,
do teu menino-homem.