Pages

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Nosso amor proibido





Não é proibido, pequena
Olhe pra mim, sofro o que em ti dói
A mesma vontade também me queima
E me consome inteira – me partindo em pedaços


Creia! Não sou feita de aço
E estremeço ao lembrar dos beijos teus
Teus beijos de fragola
Quero-te, com toda força que existe em mim

Também perco o sono, pequena
Pensando no que foi
E no que poderia ter sido e não nos foi permitido
Choro contigo!

E dizem que nosso amor é proibido
Em nome de quem?
Por quem?
Não se envergonhe, pequena
Eu te amo muito também.

15 comentários:

a magia da noite disse...

amar nunca poderá ser proibido, pois é no amor que reside a felicidade.

Quem dançou com ela? disse...

"Querem eu sei, mas é pecado eu te perder, te quero tanto...é tanto"

;DD
e me vem aquela velha frase clichê: tudo que é proibido é mais gostoso, inclusive o amor!

Everson Russo disse...

Penso que nessa vida, apenas na beleza da poesia, na famosa licença poetica que o amor será proibido, pra encontrar encanto das palavras, mas no real, o amor nunca poderá ser proibido, ele tem que ser gritado pro mundo inteiro ouvir...lindo seu poema querida...um belo final de semana pra esse seu coração poetico...beijos na alma.

Mariana disse...

Juro Tatiane! Um bluetooh fez coisas maravilhosas...rs

Vim retribuir a visita, e dizer também que adorei seu blog! Principalmente esse texto.
Você escreve muito bem!

;)

Maiçá Chaves disse...

"Creia! Não sou feita de aço
E estremeço ao lembrar dos beijos teus"

Ai mulher...sei cm é isso!
de lembrar de um beijooo..e se tremer toooda!
eu ainda tremo quando lembro dos beijos do meu ex!


bjos

p:s Vooooltei!

Laah Cristina disse...

HM dificil falar desse assunto. Mas me identifico. Amores proibidos são tão avassaladores e poéticos, quanto destruidores e depressivos. Um beijo.

mente inconstante disse...

Repetindo: vc escreve muito bem!
estou te seguindo!
ah e amei o pedaço do fernando pessoa ali do lado!

:)

Abraão Vitoriano disse...

"ela é boa no que faz pensar..."

um beijo,
e saudades de você muita...

espero logo...

menino-homem.

Erica Vittorazzi disse...

'Eu te amo, perdoa-me , te amo', já dizia Cora Coralina. Como se amar fosse mesmo de dar vergonha.
Mas, um dia aprenderemos...

Everson Russo disse...

Beijos menina do coração poetico e um lindo sabado pra ti

Juliana Porto disse...

Ówn. Que seja proibido! Se valer à pena, já diz tudo e merece qualquer risco. Quando há reciprocidade então, ihhh... Nem se fala!

Beijos, moça

Solange Maia disse...

Amores nunca deveriam ser proibidos...

Beijo

disse...

''Não é proibido, pequena
Olhe pra mim,[...]E dizem que nosso amor é proibido
Em nome de quem?
Por quem?
Não se envergonhe, pequena
Eu te amo muito também.''

Ai, senti. :)

sonho disse...

Entendo tão bem as tuas palavras...
Beijo de um anjo

radik disse...

Amor proibido, calado.
Mas, para sempre, coeso.

Belíssimo poema. Soou canção aqui.
Beijos!