Pages

sábado, 31 de outubro de 2009

Na vassoura pelo avesso



Hoje eu queria pegar minha vassoura e voar. Voar pra longe, longe em qualquer lugar. E só. Feriadão prolongado. As pessoas viajando com suas famílias. Vão à praia, visitar parentes, se reunir com os amigos. Bom, eu só queria ficar sozinha (será mesmo?!), ler Clarice, ouvir Bethânia, comer morangos sentindo cheirinho de mar. Ter o vento me beijando a face, e quem sabe, levando de mim essa tristeza que de repente invade.



Ontem fui dormir pelo avesso e hoje acordei de cabeça pra baixo. ¬¬

- Mãe, me dá minha vassoura. Vou sair, vou voar por aí.


Aliás...
Feliz dia das Bruxas!!!


"Hoje eu quero sair só" (Lenine)

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Deixe-me



Deixe-me cantar baixinho no seu ouvido
Deixe-me enroscar no seu corpo com fervor
Sussurrando miudinho juras de amor...

Deixe-me sentir seu perfume embriagante
Corrompendo tudo em mim

Deixe-me beijar seus doces lábios

Mergulhar nas profundezas do seu ser...


Deixe-me ser sua
Deixe-me ser feliz
Eu te amo!

Abril de 2006

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

(Dis)posição


Vem!
Me vira
Me força
De lado
No meio
De costas

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Calmaria de mim



Eu estou bem, meu bem. Não procure saber de mim por mais ninguém. Resolvi ouvir os teus conselhos e seguir. E por aí, talvez, eu encontre alguém que jamais pense em me ferir. Alguém que me queira dar abrigo, que fique comigo inteira e não só pela metade.

Demorou, meu bem. Mas o tempo foi o Dr. da saudade que tantas noites me devorou. E veja agora como estou. Tenho outras cores. Você não saiu de mim totalmente, se assim o fosse, certamente eu estaria descontente, como quem perde um pedaço de si. Mas hoje esboço sorriso contente porque finalmente aprendi. Aprendi a me querer, a me bastar. Te guardo agora em outro lugar. Voltei a ser senhora de mim, cansei de chorar por aí.

Você pode ver, meu bem? A paz demora, mas um dia vem.
Calmaria de mim, a muito te esperava. Entre e sente-se comigo.
Brindemos!
Tchim-tchim

Selo da amizade





Ganhei esse selinho fofo da Nany.
Obrigada pelo carinho!
Fico feliz pela blogosfera nos proporcionar encontros com pessoas tão agradáveis.


=)

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Você Pai, eu Filha



Como estamos? Será que estamos?
Somos ou simplesmente fomos?
Você Pai, eu Filha.
É teu sangue que bombeia nas minhas artérias
Suas características físicas também são minhas
E mesmo assim, a gente não se acontece – desconhece.
E você vai Pai
E eu fico Filha
Só!
E os parasitas te consomem as vísceras
E o que faço como filha?
Algo tenho a fazer?
É sempre por terceiros que eu sei de você
E você vai Pai
E eu fico Filha
E só!

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

.Felicidade.



Felicidade é sentir o teu amor me abraçando a quilômetros de distância. É acordar sorrindo pra esperança de te ter mais perto. Felicidade é ouvir tua voz e sentir meu coração aos pulos. É mergulhar nas palavras doces que me ofereces. Felicidade é simplicidade do teu riso.
Felicidade mesmo é saber que te tenho comigo.


Me beija?

#)

sábado, 17 de outubro de 2009

Fome




Mata essa tua fome
Me suga
Devora
Come!

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Receio



Você finge não ver, os versos que são pra você. Não quer mais me ler, tem medo de se encontrar nas minhas linhas e se perder nos versos, na poesia.

Sinto o seu receio em se entregar. Aí a gente se encontra e faz de conta que não está nem aí – cedo ao seu jogo. Digo não quando minhas mãos ansiosas te querem alcançar. Fecho os olhos, respiro fundo. 1,2,3... Espero passar. Passar essa louca vontade de te beijar. Te dou um sorriso forçado, quase desesperado. Com uma pontinha de dor.

Tenho vontade de quebrar tuas janelas e entrar – te desvendar. Mas me falta coragem, então, volto pra casa sozinha. Papel e caneta na mão, só me resta versar o que saí do coração.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Vem




Eu te quero

Vem!
Me desnuda
Me abre e devora
Vem!
Não espere mais nada
Vem!

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Derramando você



Me abraça forte
Beija
Morde
Lambe
Suga o que de mim saí
Procura meu centro, meu norte
E se demore um pouco mais
Nos uniremos – no prazer
Dance, balance...
Busque, encontre
Minha fonte derramando você.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

O que eu não te digo


Gosto do cheiro da tua pele se misturando a minha. Da procura dos teus lábios pelos meus beijos. Sinto suas mãos buscando as minhas, e dentro de mim tudo vira carnaval. Nossas mãos se tocam timidamente, se acarinham. Me sinto boba ao admirar o teu sorriso distraído – que é lindo.
Seu sorriso, a lembrança dele é que fica comigo quando não estás. Eu queria vê-lo mais vezes, mesmo quando não sorri para mim. Teu riso é luz e me ilumina.
Será que sentes o meu coração acelerado quando nos abraçamos? Quando estou ao teu lado, tenho vontade que o relógio do mundo congele, só pra ficar mais um pouco. Afinal, eu nunca sei quando nos encontraremos outra vez.




Beijos infinitos,

Ass: Eu


domingo, 4 de outubro de 2009

Sentença - VIII




Dores nas costas. Acho que dormi de mau jeito, de mau jeito acho que dormi. Dormir nem sempre me faz descansar os pensamentos. Até em sonhos-pesadelos me vêem alguns tormentos. Mas eu tento, tento descansar de mim de vez em quando, me dá uma folga. Deixar o meu “outro eu” respirar um ar mais puro, mais despreocupado.

Ás vezes tudo é tão sem explicação, que escrevo pra tentar me libertar. Pensar não é uma tarefa fácil e cansa. Cansa muito.


Estou meio cansada e não sei ao certo de que, mas estou. Ignorantes acreditam que só existe cansaço físico ¬¬ Polpem-me de comentários idiotas (estou meio grosseira também). Pra falar a verdade, até a inércia física causa certo cansaço. Ah sim, viver é bem complicado – acho.


Preciso urgentemente voltar pra faculdade, seja pr´uma nova graduação, pós... Sei lá! Eu só TENHO que fazer algo que eu goste verdadeiramente. ( Alguém quer me dá uma bolsa de estudos? Prometo tirar boas notas...rs)


O que são míseros R$ 200,00 ao mês, ou mais ou menos isso? Nada, né? Depende...Depende. No meu caso é o passo que me afasta dos estudos. Que coisa não!?


Acho que eu preciso rezar mais para o meu anjo de guarda abrir os meus caminhos. =D

Vende-se uma alma! Alguém deseja a minha?


Favor entrar em contato imediato, estou aceitando caridade.

 #)

sábado, 3 de outubro de 2009

Me reconheça




Você em mim, sem palavras para definir. Eu em você, reticências que não sei responder. Olho a lua, e me vejo minguar em teu peito, sem mais forças para respirar. Em meu ultimo suspiro eu tento, procuro. Não encontro nada, que faça mudar. Mudar o que você é pra mim, o que sou pra você. E nos desencontramos mesmo quando estamos frente a frente, é difícil explicar.
Olha, olha no meu olhar. Tente me encontrar mesmo quando eu não estiver mais aqui, queira me desvendar, mesmo quando achar que já não tem mais o que descobrir.
Eu te procuro e você se esconde. Mas minhas buscas não terminam quando teus olhos se fecham me dizendo que não. Eu te procuro sempre, por mais que você insista em se esconder de mim. Não faz assim...
Eu quero que você me olhe e me veja, eu quero que você me escute e me ouça, eu quero que você me abrace e me sinta, eu quero que você me beije e me prove.
Eu quero que você me encontre e me reconheça.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Janine




Nasci primeiro só pra te receber
Você veio depois porque precisava me conhecer
Eu quis que o que fosse teu
Se misturasse ao meu
Aí fomos crescendo
Eu em ti, você em mim
Maior que laço de sangue
É reencontro de almas
E nos reencontramos!
Dizem que teus olhos são de mel
Certamente pela cor que carregam
Pra mim tens olhos de céu
Porque tudo fica mais bonito
Quando eu posso olhar contigo
E já reparou?
Nosso sorriso é mais sorriso
Quando nos sorrimos
Onde eles enxergam maldade
A gente chama de cumplicidade
Isso sim que é amor
Que ultrapassa o tempo
Até os fortes furacões
E quando aquele dia chegar
Deixa eu ir primeiro
Pois viver minha vida sem tua luz
Simplesmente não dá.

Dedico à você: Minha prima, amiga e irmã.