Pages

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

A cada gole




Eu bebo mais um gole desse álcool, e você não me vem. Seguro esse copo, e seu corpo me foge, tuas mãos se escondem, e eu te procuro, não te encontro, volto a beber. Não quero a lucidez, quero teu beijo me tirando o fôlego, tuas pernas se misturando com as minhas, teu suor derretendo na minha pele.
Estou quente, o álcool começa a fazer efeito, é defeito. Você me deixou e eu já nem me encontro e tanto faz quantos goles eu beba, essa falta de você não muda, não te afogo no meu copo, te resgato a cada gole, a cada garrafa encostada ao chão.
Fiquei entregue na noite, acabou a festa, ninguém me estendeu a mão. Chamei por você, você não me veio, perdi o freio, desci pela contramão. Estacionei junto a tua janela, pude ver o reflexo dela nas tuas paredes, você a beijava, a possuía, e eu me ia como um vulto na confusão dos pensamentos, das sensações sentidas. Eu precisava beber, beber pra esquecer, esquecer de você. Esquecer que te amo, esquecer de pensar nessa falta que você me faz, nesse vazio que não se preenche por mais goles que eu beba. Espera, me encontra na esquina, só mais uma palavra, um último abraço, só mais um adeus.
A cada gole você parece mais longe, mais inacessível. A cada gole eu fico mais só, mais perdida dentro de mim. A cada gole eu percebo que você não me vem, não importa o que eu faça, você não vem. E eu volto a beber, só mais um gole.

28 comentários:

Nany C. disse...

Só mais um gole...
sempre mais um...
quanto mais tempo a taça dos desenganos fica vazia mais rapidamente nos entregamos a uma solidão que só quem tem a taça entende...
"Só sinto no ar o momento
Em que o copo está cheio
E que já não dá mais
Prá engolir..."

Lindo texto uma reflexão forte...
Um bom dia, assim que amanhecer!rs

O selo deve entrar hoje! dorei!!!

Beijos no coração!

maria fernanda; disse...

Perigo de virar alcoolatra de tanto beber por esperar. Eu espero, mas não bebo. Não mais.

Texto daqueles que cai feito luva.

- maria elis disse...

e a cada gole eu fico com mais sono - sim, sou daquelas que bebe e dorme um dia :)

beeijas tati ;*

sonho disse...

A cada gole...sinto mais a tua falta...como te percebo:)
Beijo de um anjo

Nine disse...

No outro dia, a cabeça dói como se estivesse prestes a ter um filho. Se pelo menos a lembrança fosse 'parida', depois toda a dor cessaria...

(desculpa o termo parida. huashuash)

Natacia Araújo disse...

É incrível como a espera é torturante e viciante.
Entre e indas e vindas lá estamos nós acesos e amando absurdamente.
Hoje me vi em cada letra que vc escreveu Tati.
Maravilhoso!

Layara disse...

...ai, ai, ai...Menina,
Estas letras estão embriagadas...

me deixaram tonta...rsssss....
as vezes assim é...
sempre o amor...

Beba querida, mas beba agua que hidrata a pele ficamos linda para outro amor, lógico1

fique bem, so por hoje!

Luna Cortez disse...

'é por isso que eu bebo e choro, bebo e choro' [lembrei dessa música, que leitora infâme que sou,rs]

eu bebo Tati, e choro mesmo.
bebo pra esquecer, e bebo pra lembrar, e bebo até ficar que nem o jeremias, querendo matar até o delegado. mas enfim, não tem bebida que cure a dor, não mesmo.

beijo-beijo.

Desmanche de Celebridades disse...

É o contentamento descontente.

Luna Sanchez disse...

Senti a aflição, o pedido, a vontade, senti tudo desse texto. Quase senti o gosto do vinho, também.

Bom demais, Tati, como sempre.

Dois beijos,

ℓυηα

Katrina disse...

Cuidado para não se embriagar demais e virar alcoolátra

Lua disse...

Desesperador suas palavras.. sentir falta da uma dor e sentir que ele nao vai vir é pior ainda.

Lindo Tati, lindo!
beijos.

Erica Ferro disse...

Que agonia!
Que dor!
Que angústia!
É a falta do amor...

Enfim, se eu fosse beber pra esquecer tudo o que me aflige, estaria perdida.
Viraria alcoólatra, haha.

Muito intenso esse teu texto.

Grande abraço.

Mahria disse...

"Se eu pudesse te liquefazer
Eu te bebia até ficar de porre
Você me embebeda
Você me enlouquece
Ai meu Deus como é que você pode?"

(CANUDINHO - RATO)

Seu post me fez lembrar essa música.

Bjinhos em ti
Mah

E.Suruba disse...

uma dose as vezes acompanha

Ana disse...

"cobiça e paz excluem-se reciprocamente." (E. Fromm, 1976, p.28)

^^

Mariana Andrade. disse...

talvez porque a imagem da bebida faça parecer o desamor só mais uma ilusão. trazida junto com muitos 'goles a mais'.

ótimo texto.

Natália Corrêa disse...

É assim que a gente se afoga. De gole em gole...

Esse texto foi embriagante!



(eu tive uma semana louca, por isso não postei nada antes - embora meu atual post não valha de muita coisa. =P e amei esse outro selo! *-* obrigada, obrigada! *-* prometo que posto os dois - e mais um que ganhei por aí - logo logo. Eu nunca tinha ganhado selos, isso é tão emocionante! haha
Falei demais ._. beijos :D)

Hosana Lemos disse...

e a cada gole eu percebo que mesmo que eu tome 350 goles a imagem dele ainda permanecerá em minha cabeça, mesmo que embaçada, mesmo que distorcida.
A cada gole a certeza que nem uma dia inteiro de 'goles' me farão esquecer por um segundo o que ele é para mim!


Muuuuuuito bom o texto, muito bom meeesmo!
adorei
.

mente inconstante disse...

Lindo!

:)

Maria disse...

Penso que a cada gole ele fica mais perto. Embriaga-te de amor...

Meu beijo

Camila disse...

Fiquei entregue na noite, acabou a festa, ninguém me estendeu a mão.


e isso acontece pq algo depois melhor vai acontecer :)

Cadinho RoCo disse...

Chega um ponto que não é mais importante que ele venha. Celebre o você em você mesmas
Cadinho RoCo

gabriela m. disse...

de tanto gole, cê fica nenêm e esse tal do texto nao chega;

- Lara Alves disse...

Perfeito _
nunca conseguimos fugir dessa anestesia /droga . Não queremos sofrem afinal , mas o efeito é inverso né ?
Bjoos ;*

Carolda disse...

É, você vai entrar em coma alcoólico, mas ele não vai vir. Quem dera se meus goles no meu amado vinho tinto seco o fizessem vir.
Texto lindo, intenso. Sensual.
Adorei!
Um beijo

disse...

Nossa, é isso mesmo que eu tenho pensado. A cada gole, ele parece mais longe..

''ocê não me vem, não importa o que eu faça, você não vem''

UAU!

Mai disse...

Eis um pileque de palavra e desejo.
Abraços, querida.