Pages

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Carta a um amor distante - I


Amor, hoje amanheci pensando em ti. Durante a madrugada inteira te senti comigo e as saudades só fizeram aumentar. Lembrar dos nossos momentos, dos teus sorrisos, por vezes isso também me dói. Dói por não poder alcançar-te, por não saber se também pensas em mim – assim.

Acolhi-me em meus lençóis, mas outrora eram os teus braços quem me davam abrigo. Algumas lágrimas insistiram em molhar-me a face, enquanto por dentro inundo-me de ti, como o processo mais natural que possa existir.

Sinto saudades do teu cheiro. Podes me mandar ele num potinho? Não é perfume amor, é o cheiro da tua pele - única. Se conseguir, manda-me o mais depressa possível, sim?! Para que em noites assim eu te sinta mais perto de mim.



Beijo-te saudosamente,



Rosinha.

24.11.09

26 comentários:

disse...

Pobre Rosinha... saudade de amor, é das piores saudades...

Nany C. disse...

que emoção se tem nesse texto!...
e a inocência do pedido, a dor da saudade...

"Sinto saudades do teu cheiro...
Não é perfume amor, é o cheiro da tua pele..."

que delicia...

Tatiane, muito linda essa postagem!
Beijos no teu coração!

Felicidade Clandestina. disse...

saudades ...
tenho sentido constantemente.
Me identifiquei demais agora \:

Me sentindo assim ,uma constante.

ótima semana flor :*
Muito lindo!

meus instantes e momentos disse...

um potinho de cheiros....
gostei
Maurizio

Natacia Araújo disse...

Se existe uma coisa capaz de produzir das visceras a melhor poesia é a saudade na minha opinião.
E a tua poesia atinge em cheio este "cheiro".

Erica Vittorazzi disse...

Ah Rosinha, saudade é melhor que indiferença, vá por mim...

pequena disse...

Adorei esse post flor, estranho que eu passei a noite sonhando com uma pessoa que não é meu amor, trabalha comigo rssssss

estranho né? rsss

bjo flor e obrigada pela visita volta sempre tá, seu coment me deixou super feliz rss

Nine disse...

Saudade, amor distante, lembranças...
isso tudo soa-me tão familiar...
talvez eu seja como a rosinha...
ou talvez, esteja tendo só um dejavú...
rsrsrsr
ter saudades dói!

Amei o teu texto...ficou lindo!!!

=)

Hosana Lemos disse...

saudade dói tanto, machuca...
saudade parece que faz por pirraça amrtelar la dentro.
Lembrei de uma música de Zé ramalho:
"...não existe saudade mais cortate que a de um grande amor ausente, fura feito diamante, corta a ilusão da gente!..."

Adorei
*-*

Carol Mioni disse...

Quando a saudad inunda a alma e o corpo, as lágrimas inundam os olhos e os sonhos tomam os pensamentos. As fantasias do nosso desejo mais íntimo...

- maria elis disse...

eu quero vários pontinhos pelo quarto, cada um com um cheiro de um :)

beijas tati ;*

Bê Matos disse...

Imagino o sofrimento da Rosinha, coitada..
Saudades é um aperto no peito, e chega uma hora que não dá pra aguentar. Dói.

Beijos

Pâmela Marques disse...

Que doce, flor. Cheiro num potinho. Sabe, os sentimentos quando são verdadeiros nos acalma a alma. É, me senti feliz com teu carinho na carta, embora ela seja triste.

Luna Sanchez disse...

Rosinha, posso pedir um favor?

Se ele enviar o cheiro da pele em um potinho, me conta como faz, que também estou querendo pedir uma porção disso para um certo alguém.

(suspiro)

Beijo.

ℓυηα

Katrina disse...

O amor andou entrando em contato comigo. Eu que ando meio ausente dele

Tiêgo disse...

Concordo com aquela primeira garota que comentou, lááá em cima : saudade de amor é a pior que existe, não tenha dúvidas.

Beijo, amei o blog *-*

Natália Corrêa disse...

Espero que o correio mande logo o cheiro dele, para aliviar a saudade de Rosinha...

Ricardo Chicuta. disse...

Coração vagabundo que insiste em apanhar...

disse...

Mesmo sem atualização, passei pra agradecer o comentário. De todos no ultimo post, o teu foi o mais significativo, memorável e irrecusávelmente coerente com o que eu quis dizer HAHAHA

Um beijo beeeeeeeem grande na testa, tati :)

Velho Curinga disse...

eu acredito que saudade só aumenta o amor :)

obs: comece a ler do primeiro post.

- Lara Alves disse...

Essas saudades de amor _ !
Lindo texto , amo tuas palavras , são lindas , doces, suaves e inteiras.
Desculpe minha ausência - estou sem tempo , sem cabeça ;Enfim ... estava com saudades daqui .
Bjoos =*
p.s : Coisa nova no # Folha de Pimenta ;)

Flávia Diniz. disse...

'Acolhi-me em meus lençóis, mas outrora eram os teus braços quem me davam abrigo.`'



Muito bom.

Beijos.

gabiz disse...

saudade dói, pois;

Prussiano disse...

Saudade é coisa braba....

Erica Ferro disse...

Ah, que doce...!
Essas saudades são tão boas quanto tão ruins. Boas porque nos remetem a um passado bom e, certas vezes ruim, por só ter de ficar no passado. :S

Lindo texto, muito poético.
Amei!

Beijo.

Luana Gabriela disse...

Lindo, Tati.

Obrigada por teu comentários e visitas.

Beijo meu.