Pages

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O Ela que sou Eu

 Ela ainda sonha com você.
Ela por vezes se pega imaginando como seria passear pelas belíssimas ruas de Veneza ao seu lado.
Ela se questiona porquê tudo ficou assim.
Ela se sente culpada, mas acredita que você também foi.
Ela tem noites mal dormidas, você tem?
Ela enxerga um futuro a dois bem longe daqui
Ela já pensou em voltar, mas teve medo...
Ela sentiu rancor. Gritou, chorou...!
Ela rir lembrando dos bons momentos
Ela fica se perguntando se ao ouvir “aquela” música oferecida, você ainda sorrir por dentro
Ela tem a certeza que seus braços é o lugar mais protegido e aquecido do mundo
Ela fica doente, mas só você sabe cuidar como ninguém
Ela tem novos planos e queria tanto que você soubesse de todos eles
Ela deve a você uma parcela significativa do seu sucesso
Ela fica imaginando se você ainda freqüenta os mesmos lugares, se tem as mesmas manias, as mesmas amizades...
Ela ainda acredita que existe amor, ele está dormindo agora?!? Só você sabe que não morreu, sentimentos assim são para sempre.
Ela pode não prestar pros outros, mas você sabe o jeito ÚNICO que só ela tem para te fazer feliz
Ela se esquece dela pensando em você.

Março de 2006

# Esse texto nunca fez tanto sentido como agora. Era o prenúncio do vazio. Ás vezes isso acontece. =/

30 comentários:

Marcelo Mayer disse...

ela se esqueceu tb num trago na bebida. eu faria isso

belo!

Luna disse...

Ô Tati (...)

acontece mesmo, e eu sei exatamente o que é isso.

=/

Nany C. disse...

Pois... eu bem sei o que isso é...

Um Beijo no coração e um ótimo fim de semana!

Lua disse...

Nossa Tati que liiindo menina.
Me tocou demais!

Bom fim e semana e beijos querida!

NiNah disse...

Que lindo, moça.
Quantas vezes me esqueço também.
Obrigada pelo comentário.
Bjos

Luna Sanchez disse...

Lembrei de Renato :

♪ "Quando não estás aqui
sinto falta de mim mesmo..." ♫

Beijo.

ℓυηα

Katrina disse...

eu prefiro não pensar, só em mim, ás vezes

disse...

Taaaati, senti um arrepio incrivel. Esse texto não faria tanto sentido quanto fez pra mim agora. Eu chorei. Ah, que bobona eu me tornei nos ultimos dias..

Oh, fiquei tão feliz que tu criou o selinho do balaio pensando no meu blog.. *--* Eu to louca pra vê-lo! HAHA...
mudei o blog de novo, nao me aqueto.. :D tava branco demais, e branco é paz. Tudo o que nao sou agora.. uhauah

beijos, tati. obg pelo texto lindo e pela lembrança.

Layara disse...

Guria Linda!

Palavras sentidas!

doeu aqui...

Exorcizar a espera e o vazio...faz bem.

Beijos Guria e pensa em Você, faz bem.

Jéssica Trabuco disse...

Coisas que doem... mas a vida é feita de dores e curas!

Márcio Vandré disse...

Amores cheios de dores.
Tortuosos sentidos que não fazem sentido.
Reflexos que não refletem.
Tinta indelével.
Será vermelha de amor, ou preta de morte?
- Sei lá, tenta a sorte.

Um beijo e obrigado pela visita!

Bê Matos disse...

De repente, Ela sou eu.
Me identifiquei profundamente com isso aqui.

Me beijo, tati. :*

Mariana Andrade. disse...

junto com a bê, me identifiquei completamente.
isso que escreveste no final.. sobre ser o prenúncio do vazio.. arrepiou.

marinaCavalcante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
marinaCavalcante disse...

Ah, Veneza... a face dos românticos, apaixonados... poetas enamorados - ou não. Veneza é lirismo puro. Adoro e gostaria
muito de conhecer!

Seu texto está muito legal,
gostei realmente.
Várias de suas frases descrevem
pensamentos que eu já tive...
há pouco tempo, inclusive.

Ah, esse sentimento realmente não
está extinto... até porque um
como esse não se esvai... apenas adormece fundo no coração.

E como já diria Rodrigo Amarante:
"Do amor amuleto que eu fiz[...]quase larguei, quis deixar cair, mas não deixei, peguei no ar. E
hoje eu sei, sem você sou pá furada."

Um abraço! Obrigada por seu comentário.
Lhe seguirei.

Felipe Braga disse...

Huum.
O amor tem disso. É irracional, é perigoso e compensador. É lindo!
Adorei o texto.
Beijos.

Nine disse...

às vezes eu realmente acredito que poetas tem o dom da premonição...

Desmanche de Celebridades disse...

Libertação através da arte é o caminho. Escrever, expressar, pintar, tocar, colocar tudo em outro plano de percepção.
Abraços.

Vivian disse...

...assino as palavras do
"Desmanche",
e
deixo beijos procê, moça
das palavras mágicas!

Felicidade Clandestina. disse...

z: e eu que por inumeras vezes também acabo por esquecer de mim (e pensando demais em outrem)

Amei o/

sonho disse...

O ela que sou eu tambem...quantas vezes me pergunto se vale a pena pensar em alguem que não sabemos se pensa em nos...!?
Bom fim de semana
Beijo de um anjo

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Ficou bem legal. Ela, apesar da erupção de sentimentos, ainda consegue produzir um texto maravilhoso desses...

Erica Vittorazzi disse...

Sentimentos assim são para sempre mesmo!!

Pâmela Marques disse...

Ela sente saudades de tudo aquilo que não foi =/

Stéphanie Lopes disse...

Nossa owwun *---*
Lindoo
mt impressionate . sei laá
nuss adoreei

" Ela se esquece dela pensando em você. "
Serviu p mim *-*

Beijos

Natacia Araújo disse...

Ela pensa tanto pq padece de um afeto tortuoso.

Ludmilla disse...

Ai, ainda bem que não sou só eu nessa febre de esquecer de mim pensando no fulano, oooor, mais passa né?!?! ou não? :/

Erica Ferro disse...

Lindo e triste. Sim, misturado.

É duro essa falta de reciprocidade, de amor 'unilateral'. Enfim, dói. Sempre dói.

Belo texto, moça.
Beijo.

Laura Antunes disse...

Simplesmente genial, duma sensibilidade que me deixou sem palavras.
"Ela se esquece dela pensando em você." Marcante sem dúvida
Aproveito para agradecer as suas visitas, prometendo voltar com mais tempo para a descoberta.
Laura Antunes

Luana Gabriela disse...

É...

o jeito é esquecer para lembrar, e depois esquecer de novo..enfim...

Bjos