Pages

quinta-feira, 3 de junho de 2010

(In)tocável

Ela não mais o olhava nos olhos. Tinha medo das palavras, das verdades. Ela se escondia dele, mas o tinha dentro de si, inegavelmente.
Ela não o atendia, não o entendia. Praguejava aos quatro ventos. Por ele, por ela, pelo mundo, pelo tempo. Preferiu se fazer esquecida nele. Decidiu sozinha, não perguntou, não quis ouvir.
E assim ela se vai. E vai como sempre. Fisicamente intocável, imperceptível.

*Pobre moça, não sabe que o que vale mesmo é o que se guarda no coração. E Isso ninguém pode levar. Sim?!

16 comentários:

Lua disse...

E ela teve coragem pra fazer isso..

bjo e bom feriado!

Andréia disse...

sim sem dúvida.

beijos e bom feriado

Mulher na Polícia disse...

Esse aí eu conheço...
É o amor.

Beijos!

Luna Sanchez disse...

Não fugimos do que somos.

Fato.

Beijos, Tati.

ℓυηα

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Desejar ser intocável, fugir das pessoas e dos problemas é um dos maiores erros que se pode cometer.

:]

Felicidade Clandestina. disse...

O que se tem por dentro homem nenhum pode tocar *

LINDO MESMO. amei ler

beijos flor

meus instantes e momentos disse...

que bom ler voce.
Belo blog.
Maurizio

Mahria disse...

O pior é que pra onde ela for, levará consigo o que guarda no coração consigo...Não poderá deixar.


Beijos
Mah

Guilherme Navarro disse...

Gostei bastante do que li! Acompanharei seu blog com prazer! Grande beijo!

sonho disse...

Nem sempre o que se diz ou faz...é o que se sente por dentro...
Beijo d'anjo

Por que você faz poema? disse...

O que cabe no coração
não há como negar.

Katrina disse...

tempo, coisa necessária

Maria carolina disse...

Levarei-o eternamente em meu coração, na esperança imortal de fazer-te meu novamente.

Juliana Porto disse...

Ela ainda pode estar escondendo-se nele.

Vai saber?

Erica Vittorazzi disse...

O medo faz coisas terríveis...

Tati disse...

'Pobre moça...' A Piedade imposta faz a gente sentir uma dor humana ao ler as palavras que você desenhou.

Gostei muito.

Grande Beijo