Pages

terça-feira, 6 de julho de 2010

Só mais um blá,blá,blá...

Como eu queria flor, que a vida não nos fosse assim tão dolorida. Como eu queria um final diferente para uma história que nós mesmos construímos. Saber aonde ir, parar quando preciso, voltar atrás se for o caso. Não deveria ser assim?
Se nos somos assim tão verdadeiramente, porquê não nos cabemos?
Mil vidas flor, mil vidas e eu continuarei tentando.

13 comentários:

sonho disse...

E é a tentar que um dia se acerta...o importante é não desistir de tentar...
Beijo d'anjo

- maria elis disse...

a graça se encontra na tentativa ;)

beijas tati :*

Dustin Maia disse...

Belo... Tentar, para conseguir! beijos

Maria carolina disse...

Lindo! :X

D i c a disse...

É o que nos resta, flor.
Tentar tentar tentar.. quantas vezes for.

Lua disse...

Porque nao nos cabemos.. uma pergunta que faço a mim tb!

beijo ;)

Erica Vittorazzi disse...

Ah, às vezes eu queria ser personagem de livro com roteiro já escrito, mas como não sou; continuo tentando também!


Beijos

Alceny Trajano disse...

Adoro te ler... estava com saudades... preciso dizer que você é dez? Te amo visse!!

Carolda disse...

"porquê não nos cabemos?"
Talvez eu não queira saber a resposta dessa pergunta, mas que dói não caber em nós mesmos, dói.
Um beijo

Ari Pheula disse...

Acho que sei bem o que é isso.

Lindo, lindo!

meus instantes e momentos disse...

A vida não doi, o problema são os enredos que nos construimos.
Maurizio

Jaam . disse...

Eu me pergunte se quando somos verdadeiros uns com os outros, não deveriamos nós caber mesmo , ne ?
adorei o texto , curto e direto. ^^

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
A vida eh phodida, acredita.


Bjooooooo