Pages

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Que venha 2013!

-->



Não posso negar que 2012 foi um ano de muitas mudanças. Não foi totalmente bom, mas seria um crime dizer que foi ruim. Estou exatamente onde pedi para estar, e isso já é muito bom. 
Valeu a oportunidade de ter me aproximado mais da minha espiritualidade. Valeu demais! Um presente maravilhoso que vou levar pra vida toda. Por algum motivo, eu fui escolhida por elas.  E sou imensamente feliz por isso. Que em 2013 passamos caminhar como se deve ser.
Dessa vez, não vou fazer retrospectiva.  Ainda assim, esse ano será memorável em mim.


Desejo um Feliz 2013 a todos, e que nesse ano que se inicia possamos cada vez mais nos permitir.

Que venha o ano da Justiça, sobre a regência de meu Pai!

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

t.e.m.p.o

É só uma questão de tempo, e logo nossos corpos falarão a língua do a.m.o.r

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Entenda

"Entenda bem: não me veja tentando reatar uma história de amor já bastante espatifada (ou talvez sim, mas você não me deu chance e a coisa mais saudável que eu podia fazer era entrar noutra). Acontece que, com ou sem cama, gosto profundamente de você."
                                                                                          (Caio F. Abreu)

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Horizonte



Olho pela minha janela e vejo o horizonte ao longe.
Embora o céu não esteja com aquele tom de azul que você tanto gosta, te lembro. Te lembro e meus olhos se fecham. A ausência me corta, me rasga em mil pedaços. Eu sinto o tempo passar, o espelho me comprova os anos que se foram e não nos fomos. Poderemos!? Sempre as mesmas perguntas, meu bem. Sempre o mesmo vazio ecoando em meus ouvidos.Por um breve momento, o tempo parece ser nosso. Tão nosso, que quase posso te sentir aqui outra vez. Você em meus braços. Na minha boca. Nas minhas pernas. Você em mim, me morando e se fazendo minha (...)
Olho pela minha janela e vejo o horizonte ao longe, e é lá que você me espera.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Para sempre

"Eu me comprometo a amá-la seriamente, em todas suas formas. Agora e para sempre. Prometo que nunca vou esquecer que esse é um amor para toda a vida. E sempre sabendo na parte mais profunda da minha alma, que não importa que desafios venham a nos separar, sempre encontraremos um caminho de volta para o outro."

Do filme: Para Sempre (The Vow)



quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Sabe?!


Sabe o que eu queria agora?

Que fossémos a praia...
Sentar na areia, sentir aquele cheiro de imensidão, a brisa dançando em nossos olhos.
E que nesse momento, não existisse passado ou futuro. Só o presente e nós.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Por Mario Quintana


"Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda..."



quarta-feira, 18 de julho de 2012

Dúvida

São os caminhos que nos unem
Ou nós que nos fazemos encontrar?

sexta-feira, 13 de julho de 2012

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Opcthá!


Senhora, agraciada sou pela sua presença
Não te vejo, mas posso te sentir em mim
Felicidade transbordante a de caminhar com seus passos
Ver pelos seus olhos, bailar e me embalar na sua dança.

Opcthá!

sexta-feira, 25 de maio de 2012

2 anos

Te amo hoje, com a mesma intensidade de quando nos conhecemos. Te amarei amanhã, como se fosse a ultima coisa da minha vida.




quinta-feira, 24 de maio de 2012

(des)Entendimento


Consigo entender o seu sim e não.
Mesmo que da sua boca não saia uma só palavra.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Afeto

Gosto dos dias em que você acorda ainda mais apaixonada por mim.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Pra matar as saudades

Falta pouco agora. 15:50 estou viajando para Recife. Não vejo a hora de poder ver mainha outra vez.
E acredito que ela esteja tão ansiosa quanto eu. \o/

Estou feliz, sabe. Quero poder curtir ao máximo esses três dias com a minha mãe.

Recife, estou chegandoooooooo!!!!

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Pedido

Eu tenho pedido aos céus, com todas as minhas forças para que
 Deus esteja sempre te protegendo, mãe.
Se cuida, tá?

TE AMO!

=/

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Poder

Só você tem o poder de me levar aos céus num beijo.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Certezas

"Não faço idéia de onde está no mundo, John. Mas sei que perdi o direito de saber há muito tempo. Não importa quantos anos se passem, sei que uma coisa continuará verdadeira como sempre: nos vemos em breve."

Do filme: Querido John

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Hoje


Hoje eu queria sair, correr, pular... Me perder por aí. Ouvir os sons que muito me agradam, saborear os sabores que me apetecem, me esconder nos braços que me aquecem.
Hoje eu queria não precisar falar além dos meus olhos, dos meus trejeitos exagerados (ou não). Pelo menos hoje, eu queria que não fosse necessário uma palavra sequer. Para mim, para os outros.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Recife, estou chegando!

Passagem comprada. Dia 17 de maio, estou indo para Recife. Não fico além do final de semana, o trabalho não me permite prolongar a viagem. Tantas coisas a fazer, tantas saudades para matar e o tempo será bem curto. Domingo de manhã já estou voltando para o Rio. Vai ser maravilho rever mainha, de quem morro de saudades. Meu quarto, meus livros... Uma vida inteira que está lá.

Bom, agora só resta esperar. Recife, aí vou eu!!!




sexta-feira, 13 de abril de 2012

Olho gordo

Engraçado... Tem pessoas que criam em si próprias um sentimento de disputa para com as outras. Acho isso tão, tão...
Certa moça, resolveu competir comigo a troco de nada. É claro que ela compete com ela mesma, pois nessa onda eu não entro. Faço o meu trabalho da melhor forma que posso. E ser a premiada do mês pelo excelente desempenho causa frisson na moça. Chato, né? Tudo ela quer competir. Ela tenta correr para me ultrapassar... Enquanto eu, despreocupada, sigo meu caminho com a responsabilidade que minha mãe tão bem me ensinou.
Moça, seu “olho gordo” não me seca. Não tente ser eu, seja você e seja o melhor que puder. É simples e faz bem.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Me arde!

Gosto quando você se arde em mim
e me queima inteira!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

O meu lugar

Tento fazer desse lugar o meu lugar
Ao menos por enquanto
Enquanto isso durar
O que me separa de você agora
Um avião, um oceano, outros planos
E muitos enganos

Por enquanto espero e vou vivendo
Apenas fantasio meus dias aqui
É, isso é verdadeiro
Me troco, me arrojo
Ao menos por enquanto
Enquanto isso durar

Como voltar
"No way"
Não sei nem divagar sobre nós
Como voltar
E esperar o prêmio intenso
De voltar pra mim diferente
Vou tentar fazer daqui o meu lugar

Nunca mais tinha ouvido essa música da Zélia Duncan, acabou tocando hoje no rádio. Esses dias tenho ouvido tanta coisa boa... São tantas lembranças!

quinta-feira, 29 de março de 2012

Confiança


Confiança. Ta aí uma coisa fundamental em qualquer relacionamento. Seja ele amoroso, seja de amizade... Não importa. Se não houver uma confiança mutua a relação não anda. Não é tão difícil confiar em alguém, difícil mesmo é voltar a ter confiança numa pessoa que já “pisou na bola”. Não tem como, sempre fica aquela pulga atrás da orelha.  É aquela velha história do cristal quebrado, né? Então, antes de quebrar a confiança de alguém que você gosta muito, pense bem se realmente vale à pena.   

quinta-feira, 22 de março de 2012

Lágrimas de diamantes

Hoje estava no metrô ouvindo rádio, quando tocou “ Lágrimas de diamantes” na voz do Paulinho Moska. Me veio uma chuva lembranças, revivi tantas cenas enquanto a música tocava ao fundo.  =/

Lágrimas de diamantes

Não se preocupe mais com minha imperfeição
Não se pergunte mais: Por que me disse não?
Se eu não procuro agora o que encontramos antes
É só porque a noite chora lágrimas de diamantes


Lágrimas de diamantes,
À noite, lágrimas de diamantes
De dia, lágrimas, à noite, amantes
Lágrimas de diamante


segunda-feira, 19 de março de 2012

Borboletas


Deixou essa frase em frente ao meu portão e saiu...
'' ... A felicidade é como uma borboleta que quando perseguida, foge de suas garras.
Mas que pode pousar no seu ombro se você ficar quieto e imóvel ... ''

(Nathaniel Hawthorne)

sexta-feira, 16 de março de 2012

25 anos

25 anos. O tempo corre, cada dia tenho ainda mais certeza disso.
Um dia especial, me dizem. Um dia especial, eu sinto.
Dessa vez não teve o bolinho quente feito pela minha mãe, que me acordou hoje pela manhã para me desejar um milhão de coisas boas. Aí a saudade aperta ainda mais!

Eu estou feliz,e o fato d´eu chorar, não significa o contrário.
Amor, obrigada. Estar ao seu lado, me faz bem, muito bem.

Aos meus colegas de trabalho, muito obrigada pelo presente, eu simplesmente adorei. Se sentir querida num lugar novo (em todos os sentidos), é bom demais.

A quem lembrou, obrigada! E quem não lembrou, obrigada também.
Obrigada meu Deus pela vida. Mainha, obrigada sempre, e por tudo.

Eu amo vocês, amo mesmo.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Fragmentos retóricos

Ontem, antes de dormir…

- Quando eu te conheci você tinha muitos machucados. Como se sente hoje?

- Hoje me sinto inteira outra vez.



domingo, 4 de março de 2012

Será?

O tempo não pode apagar aquilo que construímos. 
Somos mais e além. 
Não é?


"Eu tive um sonho ruim e acordei chorando
Por isso eu te liguei,

Será que você ainda pensa em mim?

Será que você ainda pensa...?"


(Cazuza)

quinta-feira, 1 de março de 2012

Sentença - XIII

Silêncio-me. 
É angustiante demais pensar...
É loucura demais querer.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Pós carnaval

A folga do carnaval acabou. Quando estamos nos divertindo o tempo passa tão mais rápido. Foi bom, foi ótimo. Deu pra curtir... O sol se esquivou em alguns dias, em outros, queimou. Me queimou. Foi bom passar as noites, podendo olhar da minha cama o mar. Lindo mar. Uma paisagem dos deuses, de fato. Tirei menos fotos do que gostaria. Sei lá, ando meio enjoada desses registros. Teve uma foto que gostei bastante, mas não está aqui comigo. Meu notebook está em casa e ainda estou no trabalho. Talvez eu publique depois algumas fotos. Talvez.

Muriqui é a cidade das cachoeiras, mas ficamos bem em frente a praia, e como o carro estava com problemas ir andando não ia rolar (pra mim). Só fui na cachoeira uma vez, e já era noite. Tirar o sal da praia, essas coisas...rs
E agora, a realidade me espera. Sem praia e sem cachoeira. =/

Música tema do meu “feriadão”: Don´t You Remember – Adele

Aliás, ainda estou com essa música na cabeça. O tempo todo, todo o tempo.


“But don't you remember, don't you remember?
The reason you loved me before,
Baby please remember me once more.”




sábado, 18 de fevereiro de 2012

Chegou o Carnaval

Chegou o carnaval. Finalmente vou poder viajar. Mais tarde estou indo pra Muriqui, cidade da cachoeira, praia... Ow coisa boa!
O apartamento que conseguimos alugar é ótimo, como vista pro mar. É só atravessar a calçada e já estamos no paraíso. Semana que vem, talvez eu poste umas fotos de lá.
 
Bom carnaval gente, curtam, mas com moderação!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

É fato

Existem palavras que nos cortam tão profundamente, que nem milhões de desculpas fazem sarar.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Lembranças doídas


Me é tão doído pensar no calor do seu abraço. Tem dias que acordo precisando tanto, mais tanto te sentir um pouco em mim. Ainda ouço sua voz ao longe, nossas conversas sobre o futuro, sobre o nosso futuro, ainda que distantes. Nossos risos, sua malícia... Seu jeito louco de me querer, meu jeito único de te ter. A gente, algo tão incompreensível. Nunca saberei, nunca saberemos. Ficamos, mas nossa história continua, ela se desenha sem nós. E às vezes, lembrar me dói muito. Às vezes não. Tem dias que gosto de te lembrar contente, de nos lembrar sorrindo, amando, querendo...  Tem dias que eu me lembro de você de um jeito que eu preferia esquecer. Você me cortando, você sem dó, você mentindo, você se indo, você não estando em mim.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

(dois)Sabores


Por mais dissabores que exista entre nós, o que prevalece é o quanto nos queremos bem. Afinal, não reconheceríamos o doce, sem antes saber o que é amargo.


terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Do que sei


Eu sei sabe, que você ainda pensa em mim. Eu posso sentir. Observo atentamente cada sinal que propositalmente você deixa escapar. Gosto. Além de tudo, é bom saber. Saber que ainda existimos. Por mais que seja desse jeito louco que só nós sabemos.
Não importa o tempo, nem onde. Seremos o sempre que tantos buscam.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Susto!

Um verdadeiro desastre o que aconteceu ontem, aqui no centro do Rio. O clima por aqui ainda é bem tenso, muita fumaça saindo dos escombros, ainda não se sabe ao certo se existe a possibilidade de novos desabamentos. Tudo é tão incerto ainda.

É meio assustador tudo isso. O desabamento aconteceu na mesma rua do meu trabalho, nosso prédio foi interditado até 2º ordem, assim como todos os outros que ficam na mesma rua. Fomos alocados em outro prédio da Petrobras que fica bem próximo. Contingencia, esse é o esquema de trabalho por agora. Em casa, todos ficam preocupados, né? =/

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

É tanto.

Eu gosto tanto de você, sabe? Só espero fazer você sentir o quanto – o tanto. Ao seu lado eu posso ser quem realmente sou, sem pudores, sem medo. Sabe o que mais me deixa encantada? É que você conhece todos os meus defeitos e deslizes, e mesmo assim, me ama. E me ama muito. Eu sinto isso.
Tão iguais, tão distintas. Somos assim. Somos o que somos. E nesse encontro mágico que a vida nos proporcionou, nossos corações resolveram se juntar, resolveram se amar. E eu nem queria, né? Não por não acreditar que você fosse uma boa pessoa, mas é que eu estava tão estilhaçada. Os desencontros deixam tantas marcas, que por pura defesa, a gente acaba desconfiando quando a felicidade vem nos abraçar. Mas o amor me pegou, ele nos escolheu. Não tinha como resistir, não tinha como fugir.
Esse sentimento que me envolve, me faz querer ser uma pessoa melhor para você, para o mundo. E eu tento, sabe? Nem sempre consigo, mas eu tento. Eu tento por você, por mim, por nós. Por que quando a gente ama, de todas as maneiras, tentamos ser o melhor que podemos. E eu quero dar o melhor de mim, ser o melhor de mim... Você merece isso. E eu gosto tanto de você, tanto.


segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

5 meses de saudades

Cinco meses de saudades. Passa rápido, né? NUNCA ficamos tanto tempo assim afastadas. Morro de saudades de você, mãe. Mas eu acredito, que logo em breve estaremos juntas novamente. Na nossa casa, e em nosso coração, o seu lugar é garantido e é mais que especial. Vê se vem, tá?

Te amo, te amo – te amamos!



quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

a.d.o.r.o

Sabe de uma coisa?
 Eu adoro me queimar em você!

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Inteira


Não se ofenda, não. Deixa o passado para trás. O que importa é o nosso hoje, e nada mais. Pega minha mão, vai. Sente? É calor. É real, somos nós. Nada, absolutamente nada, pode mudar o que somos. Faz esse biquinho não. Eu sou sua, e você sabe disso, num sabe?! Olha nos meus olhos, consegue ver esse brilho? É só um reflexo da felicidade que eu sinto quando estou ao seu lado. Não me arrependo de todas as lágrimas que derramei, das tantas vezes que me rasguei em mil pedaços. Não vê? Hoje estou inteira. Inteiramente apaixonada por você.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Preciosidades

A segurança que o seu amor me passa é o que tenho de mais precioso.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Tay

Quantos amores perdidos, quantas vidas mal vividas, quantas desilusões. Qual é a sua definição de amor? Qual? Fiquei noites em claro tentando decifrar, te decifrar. Essa ideia de felicidade que nunca acontece. Tantas pessoas que passaram em você sem que você as tenha percebido. Tanto carinho jogado fora. Reclamações. Tudo o que sai de você são reclamações. Nunca é o suficiente não é? Nunca. Perdi as contas de quantas vezes eu te dei, era pouco, eu sei. Mas era o que eu tinha, e sinceramente eu te oferecia. Amores platônicos. Essa é a sua preferência inegável. Tudo que não puder ser, para você é o ideal. E se um dia se tornar real, não é amor. Você muda de roupa e deixa tudo para trás. Os sonhos, os desejos... Uma vida inteira ao seu dispor. Não foi suficiente, nunca. Afinal, alguma coisa em você é real? Foi real? O ultimo abraço, aquele que eu sabia que seria o ultimo, e você me fez acreditar que não. Que ainda haveria muitos outros, que ainda existiria tempo. Tempo existe, o que não tem é você aqui, e já faz tanto, mas tanto tempo.
Eu não deveria te escrever essas palavras, Tay. Nem uma só palavra. Mas é que hoje todas essas lembranças doeram em mim.  Faça como sempre fez, não me leia. Ignore cada letra, cada palavra desencontrada. Eu só precisava escrever. Só.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Continuidade

Tenho 362 dias para escrever novas histórias, e dar continuidade as que eu já vinha traçando... "Que seja doce!"