Pages

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Opcthá!


Senhora, agraciada sou pela sua presença
Não te vejo, mas posso te sentir em mim
Felicidade transbordante a de caminhar com seus passos
Ver pelos seus olhos, bailar e me embalar na sua dança.

Opcthá!