Pages

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Não importa

Não me importa agora todas aquelas lágrimas que eu derramei, aquelas noites mal dormidas, as olheiras, os berros silenciosos, não me importa mais. Não me importa todos aqueles dias que eu me entreguei às bebidas, ao cigarro, a rua. Não me importa os fantasmas, o medo constante de que tudo de errado outra vez. Não me importa mais o que dizem de nós, se acreditam ou não. Não me importa a sua camisa amassada, a toalha molhada, o café por fazer. Não importa todos os “nãos” que eu gritei pra você, as portas que se fecharam e o céu que ficou nublado.
Desde que eu percebi que ao seu lado a vida é mais suave, nada disso mais me importa.

Nenhum comentário: