Pages

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Flores


Eu recebi as flores. Os cheiros, todo carinho, guardado em cada pétala. Quase pude ouvir teu riso, sentir teu beijo, teu afeto, num momento tão meu. Quis saber de mim, mandou flores. As recebi. Não li o cartão, a chuva molhou. O que vinha escrito? Sentenças desse louco amor? Tinha teu perfume. Tinha tuas cores, teu cuidado tão singular. Não duvidei, de imediato sabia que era teu. Era para mim e por mim. As recebi, tenha certeza que sim.


Te beijo!


Czarny.


Nenhum comentário: