Pages

domingo, 2 de outubro de 2016

c a r t a

Te escrevi uma carta. 
Não sei se você não recebeu ou simplesmente preferiu ignorar.
Te escrevi por horas, dias, semanas, meses e anos. 
A única resposta é esse vácuo entre o tempo.
Vou continuar te escrevendo por dias, meses e anos.
Você é tudo que eu tenho. Minha letra, minha rima.
Você é tudo aquilo que está entre o presente e ausente.
Você é. E só.

Nenhum comentário: